Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Os Papagaios do Reino…

“Os Papagaios do Reino… Portugal é uma república e não uma monarquia. De igual modo e para não haver falsos testemunhos, não me estou a referir ao comentador politico da televisão, mas antes sim aos elegantérrimos papagaios e o seu modo visceral de estar sempre vociferando aquilo que ouvem mas, não sabem o que dizem e se lhes cortarmos o pio, repetem tudo de novo pois qual velha cassete, não possuem meio para continuar no sitio onde ficaram parados. Pois é aqui que se concentra todo o meu pensamento quando vou a uma instituição bancária e vejo alguns sujeitos que olham para os Clientes como a ave e pensar: “hoje vou dar-te mais uma bicada na carteira” e nesse sentido começam a congemina-lo para, endrominando-o levá-lo a subscrever mais um PSR ( Plano para a Sua Reforma) e não PPR que enquanto Plano Poupança Reforma tem taxa garantida anual nas seguradoras.

Começam então a debitar matéria sobre tudo e mais alguma coisa, no sentido de vender sejam cartões de crédito, abertura de contas, seguros, moedas e até cartão do clube desportivo da terra, sabendo-se que em tudo e em mais alguma coisa são especialistas em generalidades vagas. Como dizia um familiar meu, ao tempo responsável bancário: a sorte é que quem vai aos bancos tratar de seguros percebem menos ou nada do que eles, senão estavam tramados e nem conseguiam vender um fósforo quando o Porto estivesse ás escuras.

Para mim é como papagaio bancário em que começam a debitar bytes, não o interrompendo. Caso pare a meio lá começa ele do principio. Perguntas ? Só sobre o local em que o Cliente “deve” assinar a proposta. Mas não sendo exclusivo dessa classe profissional, torna-se transversal ao trabalho desenvolvido pelas seguradoras telefónicas que continuam a fazer “barulho” á custa de torrarem dinheiro dos grupos a que pertencem como foi o caso daquela seguradora que esteve em risco de incumprimento do nível de solvência no final do exercício de 2019, não fora o grupo a que pertence, que em tempos teve saúde, ainda lhe ter dado a mão.

Outra das situações que amiúdes vezes constatamos são os bancos aquando da concessão do crédito habitacional, obrigarem os Clientes a subscrever seguros de MR ou ser-lhes presente declaração de direitos ressalvados em função da avaliação da fracção ou moradia. Neste capitulo, nunca será demais salientar de que o valor a ser seguro deverá ser sempre o valor de reconstrução, tendo em linha de conta os factores de construção, tipo e no caso de edifícios para demolição ou expropriação será o valor matricial.

Em 2019, porque ainda foi publicitado o de 2020, o valor por m2 eram;

  • Zona I 822,53 € m2; (Todos os concelhos sede de distrito)
  • Zona II 719,01€ m2 (Concelhos de importância, verificável em DL 329-A-200)
  • Zona III 615,42€ m2Tds n (Outro Concelhos)

De igual modo e se o seu imóvel já tiver subscrito seguro para o condomínio, bastará solicitar acta adicional com declaração direitos ressalvados á entidade bancária, evitando assim pagamento de riscos em duplicado.

Para estes e outros assuntos de seguros, bem pode reservar um pouco de tempo para falar com o seu mediador ou corretor de seguros. Ele cuidará dos seus riscos e da sua carteira. Para ver papagaios, vá antes ao Jardim Zoológico, os animais esperam por nós.”

Jornal Economico,
Luiz Filipe.

Protegemos e apoiamos
o que é importante para si

Morada
Rua São Ciro 79A
1200-830 Lisboa
Portugal
Redes Socials
Newsletter

® 2022 Todos os direitos reservados | Desenvolvido por MM Design.